domingo, 19 de janeiro de 2014

O verbo

Silabas...

conjugo-as em palavras 
perdidas no tempo

que no espaço se dão
em teu sorriso

de que teus olhos aplaudem
serenos

ao convite aos corpos
entrelaçados

que se debatem
tal como astros fustigados

no seio de teu peito ardente

voando para o firmamento
explodindo em raios inusitados
até que combalidos e ausentes
partem em mundos consumados