sábado, 28 de setembro de 2013

Saber de ti



Queria saber tanto de ti
Tanto que a imensidão não coubesse na minha mão
Para poder saber que estas ai
E assim perto de mim
Junto ao meu coração
Quis saber tanto de ti
Que a resposta foi não
Que havia algo para alem dessa dor
Que não te fez esquecer o pavor
De quereres saber tanto de mim
Que no fim era apenas sofrimento
Clamar pela tua voz
Perguntar se estamos sós
Neste mundo imenso
Em que cabia na minha mão
Saber o tanto de ti
Para no fim dizer que não
Que já vivias em mim