sexta-feira, 7 de março de 2014

A vida e o esquecimento

Poema: a Vida e o Esquecimento

Queria declamar a vida
em um dos meus versos
e dizer que te amo
como nunca amei ninguem

mas sao apenas palavras
que nao tem qualquer significado
perdidas no horizonte
das lembranças esquecidas

e tu quando vens
serena
traz-se contigo a assunção
em um poema

que me faz ficar
mais apaixonado
por poder amar-te assim
quando tudo convege apenas para o fim

e em tudo o que digo
que parece perdido
sou indigo de alma
esquecimento ferido