quarta-feira, 5 de março de 2014

Lágrimas

Choro lágrimas
na despedida
e o meu coração
sangra de saudade

Nas veias corre um rio
que parece venerar
o que o corpo se incide

Que é apenas
um gesto
de uma mentira sincera