quarta-feira, 5 de março de 2014

Lamento

Poema: Lamento

Na terna solidão
em que me encontro,
vejo o meu reflexo
no espelho partido

E pergunto-me se serei eu?
ou outro alguem
ali reflectido,

De repente tudo ganha seu sentido
e nessa comunhão,
as palavras perdem significado;

São fúteis para descrever
o que vem de dentro,
e existe apenas lamento.