quarta-feira, 5 de março de 2014

Sombra fugaz

Sombra fugaz
que surges nos meus sonhos
que vens em meu auxilio
libertando-me da solidão

Traz contigo o coração imaculado
a verdade e a inocência
que eu espero por ti
do outro lado

No qual ninguem parece viver
em que as sombras
apenas existem como névoas
douradas de pranto

Que a tua voz
eu canto
como uma sombra
de cor bureal