quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Espero por ti

Espero por ti, meu amor
à beira da fonte
Espero por ti,
e pelos teus beijos,
teus livres desejos, 
e a tua mão na minha.
E enquanto não chegas,
vou sonhando connosco,
aqui à beira da fonte,
trocando caricias,
e ternuras.
Sei que quando chegares
trarás contigo todas as respostas
aos meus anseios.
E enquanto não chegas
pergunto por mim e pelos meus meios
para te ver sorrir.
Ver-te sorrir
de sorriso rasgado,
com a felicidade estampada no rosto.
E enquanto não chegas
vou sonhando connosco,
trocando segredos,
e esquecendo os desgostos.
Para te ver sorrir,
o que eu te farei,
umas cocegas no rosto.
E assim o mundo
parecer-te-a bem disposto.