domingo, 20 de outubro de 2013

Linha de água

Na linha de água
correm rumores de vida
parece que o céu
se encontrará com a terra

Dessa linha
definida do teu rosto
surge a melancolia
de um céu triste

Quantos serão os abraços
quantas as estações incertas
para que obtenha o teu calor
e decerto o teu amor